Bem-vind@!
Este espaço foi feito para compartilhar conteúdos sobre desenvolvimento e saúde emocional. Destinado àqueles que buscam fôlego através de uma melhor compreensão da vida e de si. Este é também um espaço de histórias, afeto e trocas.
Psicóloga Bruna Brum
E se você desejar ir mais fundo, te convido a mergulhar em si através da psicoterapia. 

MERGULHE-SE

O que é psicoterapia?

A psicoterapia é um processo de desenvolvimento emocional, autoconhecimento e saúde mental.

 

Através do dialogo livre e do sigilo, o espaço é seguro e propício para que você consiga se abrir para si mesmo, acessando informações e emoções reprimidas. Contar com o apoio de um profissional pode ser a chave para que você consiga se enxergar de uma forma antes não vista, sem julgamentos e críticas, acompanhado de alguém que com competência e sensibilidade vai lhe ajudar a se reconectar com a sua essência, se fortalecer como pessoa, compreender melhor as suas relações e a sua própria história.

 

Dar novos sentidos e significados às experiencias traumáticas, tratar as “feridas” emocionais que causam sofrimento e atrapalham o percurso de uma vida mais leve e feliz.

 

Em resumo, a psicoterapia é um excelente meio pelo qual você pode ter um encontro sincero consigo mesmo, e aproveitar esse encontro para fazer as pazes com você, se confrontar, se transformar ou até mesmo se descobrir!

 

Muitas vezes passamos por crises ao longo da vida. Crises que fazem parte do nosso desenvolvimento natural, e crises inesperadas que surgem das mais diversas fontes, inclusive desconhecidas. E nem sempre conseguimos encontrar nas pessoas do nosso meio o acolhimento, empatia e apoio que precisamos, por muitas razões. E no lugar do que buscamos nessas pessoas próximas, encontramos críticas, instruções do que devemos ou não fazer, apontamentos e em muitos momentos, não nos sentimos realmente ouvidos, compreendidos.

 

E essa é a principal diferença entre o psicoterapeuta e os amigos/familiares, a escuta ativa, a sensibilidade aguçada e o preparo para acolher e compreender os conflitos que se passam no mais intimo de cada pessoa, na medida em que ela vai se abrindo e se permitindo acessar as informações dolorosas.

 

Tudo no seu tempo! Não existe fórmula mágica nem tempo pré-estabelecido. Cada pessoa tem o seu ritmo, seu momento e a sua motivação para o processo psicoterapêutico.

"De quem é o olhar

Que espreita por meus olhos?

Quando penso que vejo,

Quem continua vendo

Enquanto estou pensando?

Por que caminhos seguem,

Não os meus tristes passos,

Mas a realidade

De eu ter passos comigo?"

Fernando Pessoa